quinta-feira, setembro 15, 2005

Amanhã desloco-me a Setúbal para receber o Prémio Revelação Manuel Maria Babosa du Bocage 2005 pela obra enquanto no corpo. Agradeço o reconhecimento, congratulo-me com a iniciativa.


fotografia de Marília Campos


uma agulha atravessa-lhes
a garganta, abre-lhes fendas nas
pálpebras. no corpo dela
o rapaz espanta pássaros noite
adentro, bebe a madrugada esvoaçando.


Isabel Coelho dos Santos . in enquanto no corpo
Prémio Revelação Manuel Maria Babosa du Bocage 2005

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home